domingo, 15 de agosto de 2010

MÃE... * - FLÁVIA FREITAS - *





Majestosa flor
Que em essência
Despeja amor
Mãe... maravilhosa
rosa

Que nove meses em seu ventre
Abriga seus felinos botões,
Sem temer os espinhos.

Mãe...que
esquece a dor do parto
E com lágrimas de felicidade


Encanta, cantando canções
De ninar para que aquele Querubim,
em seus braços adormeça.


Mãe formosa mulher
De braços acolhedores,
De seios despidos,
De prazeres distribuídos.


Mãe...quando
não posso ter tua presença,
Busco-te em pensamentos.
Sei que as vezes não expresso o meu amor por você,


Mas saiba que eu te amei ontem, amo-te hoje.
E vou amar-te por toda a vida.
E ainda assim, se minha alma permitir,
Por  toda a eternidade!






FLÁVIA FREITAS-
CASA DO POETA BRASILEIRO-CASSINO-RIO GRANDE
















Nenhum comentário:

Postar um comentário